BUSTAGATE

BUSTAGATE is a hybrid movie, mixing textuality and three visual narratives to tell and asphyxiate the audience, pretending to put them in the same place as our deflated society.

  • Welket Bungué
    Director
    BASTIEN (2016) AGINAL (2018) WOODGREEN (2017) MENSAGEM (2016) BUÔN (2015) E NADA FIZEMOS (2019) WHO THEY ARE (2019) N'SUMANDE TCHALIH HUDI (2019) EU NÃO SOU PILATUS (2019) ARRIAGA (2019)
  • Welket Bungué
    Writer
    BASTIEN (2016) AGINAL (2018) WOODGREEN (2017) MENSAGEM (2016) BUÔN (2015) E NADA FIZEMOS (2019) WHO THEY ARE (2019) N'SUMANDE TCHALIH HUDI (2019) EU NÃO SOU PILATUS (2019) ARRIAGA (2019)
  • Welket Bungué
    Producer
    BASTIEN (2016) AGINAL (2018) WOODGREEN (2017) MENSAGEM (2016) BUÔN (2015) E NADA FIZEMOS (2019) WHO THEY ARE (2019) N'SUMANDE TCHALIH HUDI (2019) EU NÃO SOU PILATUS (2019) ARRIAGA (2019)
  • Isabél Zuaa
    Key Cast
    Kbela (2016), The Good Manners (2018), Joaquim (2017), Arriaga (2019), Yellow Animal (2020)
  • Cleo Tavares
    Key Cast
    Arriaga (2019), Diamantino (2019)
  • Project Type:
    Experimental, Short
  • Genres:
    Documentary, Human Rights
  • Runtime:
    12 minutes 30 seconds
  • Completion Date:
    May 1, 2020
  • Country of Origin:
    Portugal
  • Country of Filming:
    Cape Verde, Portugal
  • Language:
    Portuguese
  • Shooting Format:
    Cellphone, Digital
  • Aspect Ratio:
    16:9
  • Film Color:
    Color
  • First-time Filmmaker:
    No
  • Student Project:
    No
  • 26th CAMINHOS Festival do Cinema Português
    Coimbra
    Portugal
    November 19, 2020
    World Premiere
    Official Selection - Outros Olhares
  • 4th African Smartphone International Film Festival | Winner BEST DOCUMENTARY
    Lagos
    Nigeria
    December 12, 2020
    African Premiere
    BEST DOCUMENTARY Award
  • 14th Cine Esquema Novo – Arte Audiovisual Brasileira
    Porto Alegre
    Brazil
    April 10, 2021
    Brazilian Premiere
    Mostra Artista Convidado Welket Bungué
  • VI Festival Política
    Lisboa
    Portugal
    April 23, 2022
    Official Selection - Corpos Políticos
  • Djarfogo International Film Festival - DIFF 2021
    Fogo Island
    Cape Verde
    November 9, 2021
    Cape Verdean Premiere
    Official Selection
Distribution Information
  • KUSSA Productions
    Country: Worldwide
    Rights: All Rights
Director Biography - Welket Bungué

Welket Bungué is originally from the Balanta tribe, was born in Xitole (Guinea-Bissau) on February 7th, 1988. He is a Portuguese-Guinean actor and film director based in Berlin, a co-founder of Kussa Productions. He holds a degree in Theater from the Actors branch (ESTC / Lisbon) and a postgraduate degree in Performance (UniRio / Brazil). He is a Permanent Member of the Portuguese Academy of Cinema, the Deutsche Filmakademie, and a member of the European Film Academy since 2021. Its films have been screened on several international film festivals, such as Berlinale, ABFF (US), Africlap (France), Zanzibar Intl. Film Fest., Afrikamera (Berlin), IndieLisboa, DocLisboa, Rio de Janeiro IFF, and the Stockholm Dansfilmfestival. He also directed the short films 'Mudança' (2021), 'I Am Not Pilatus'(2019), 'Arriaga'(2019), and 'Bastien'(2016) in which he was distinguished with the “Best Actor Award” and “Best First Film Award” by Shortcutz Awards 2017. In 2019 he was awarded with an “Angela Award - On The Move” at the Subtitle Festival in Kilkenny (Ireland), by Richard Cook and Steve Cash. Welket Bungué starred the cast of 'Joaquim', by Marcelo Gomes (Intl. Competition Berlinale 2017), 'Body Electric' (IFFR 2017), 'Kaminey' (2009), by Vishaal Bahardwaj, 'Letters From War' (Intl. Competition Berlinale 2016), by Ivo M. Ferreira. In 2020 Welket won the "MAAT Grand Prize - FUSO Intl. Festival of Video Art of Lisbon" with his film 'Metalheart', also starred Franz Biberkopf in 'Berlin Alexanderplatz' (Berlinale 2020), directed by Burhan Qurbani, which lead him to a nomination as “Best Male Lead” at the LOLA awards of the German Film Academy (Deutscher Filmpreis), and grant him a “Aluminum Horse Prize” for “Best Actor” at the Stockholm Intl. Film Festival. In 2021, he won the 'Cinema Industry Prestige Award' at the 25th RDP Africa - Prestige Award Cerimony (Portugal). Welket is part of the main cast of the new film from David Cronenberg, 'Crimes of the Future', among the actors Viggo Mortensen, Léa Seydoux, and Kristen Stewart.
__
Welket Bungué é artista transdisciplinar, de etnia balanta. Considera-se de origem guineense-português, tendo nascido na Guiné-Bissau (região de Xitole) a 7 de Fevereiro de 1988. Reside em Berlim, mas trabalha artisticamente ao nível internacional. É co-fundador da produtora KUSSA, faz locução para entidades internacionais, desenvolve Escrita Dramática, Argumento de Cinema, Performances e Teatro. É licenciado em Teatro no ramo de Atores (ESTC/Lisboa) e pós-graduado em Performance (UniRio/RJ). É Membro Permanente da Academia Portuguesa de Cinema desde 2015, membro da Deutsche Filmakademie desde 2020, e membro associado da Academia Europeia de Cinema desde 2021. Os seus filmes têm circulado internacionalmente por inúmeros festivais de cinema tais como Berlinale, ABFF (EUA), Africlap (França), Zanzibar Intl. Film Fest., Afrikamera (Berlim), IndieLisboa, DocLisboa, Fest. Intl. de Cinema do Rio de Janeiro ou o Stockholm Dansfilmfestival. Welket realizou as curtas-metragens 'Eu Não Sou Pilatus'(2019), 'Arriaga'(2019) e 'Bastien'(2016) no qual foi distinguido com os prémios “Melhor Ator” e “Melhor Primeira Obra” nos prémios Shortcutz 2017 em Viseu e Ovar respetivamente. Em 2019 foi distinguido com o prémio “Angela Award - On The Road” no Subtitle Festival em Kilkenny, na Irlanda. Em 2020 Welket é o protagonista de 'Berlin Alexanderplatz' (Comp. Intl. Berlinale 2020), realizado por Burhan Qurbani, em que a sua interpretação lhe valeu uma indicação ao Urso de Prata, uma nomeação como “Melhor Ator Principal” nos prémios LOLA da Academia Alemã de Cinema (Deutscher Filmpreis), e ainda o prémio “Cavalo de Alumínio” para “Melhor Ator” no Festival Internacional de Cinema de Estocolmo. Welket está a terminar a escrita do seu primeiro livro 'Corpo Periférico', um ensaio autobiográfico sobre a produção de cinema de autor com base no conceito homónimo de "cinema de autorrepresentação".

Add Director Biography
Director Statement

(English Version Below)

Temos de entender quais são as questões sociais fraturantes da nossa sociedade. Somos brandos, e por isso acreditamos que a colonização de África, da América do Sul (…) foi uma missão importante que uniu a humanidade. Hoje grande parte da nossa riqueza deriva dos ganhos do nosso passado de violência, portanto devemos muito a esses povos agora ex-colonizados. LIVRES.

Bustagate é um filme híbrido, que mistura textualidade e três narrativas visuais para contar e asfixiar o público, fingindo colocá-los no mesmo lugar que a nossa defraudada Sociedade, personificada por Cláudia Simões, a nossa heroína sobrevivente no filme. Bustagate, surge um ano depois do incidente do Bairro da Jamaica (zona da margem Sul de Lisboa). Através dos comentários do cidadão-artista, no papel de agente político em nome do Ministério Público Português, Welket faz o recorte de um panorama escandaloso e desajustado de violência e desigualdade sociais em Portugal.

Antes da estreia em festival, uma crítica ao filme Bustagate, feita pelo blogue de cinema Hoje Vi(vi) Um Filme diz “Desde o sentimento de pertença/não pertença ao país que é nosso mas não nos tem como seus, ou ao país que nos acolhe mas onde há alguém que prefere usar da violência e do preconceito para não nos tratar como iguais, retirando direitos a quem os detém, Bustagate clama a defesa dos que foram e ainda são oprimidos pela brutalidade retrógrada. Clama Liberdade, Igualdade e Justiça.” Assim sendo, a ante-estreia do filme foi assumida através das redes sociais, num momento em que o mundo clama por um sentido democrático de direitos que se desvanece, através de uma mobilização global massiva pelo movimento #blacklivesmatter que em Portugal despertou as silenciadas indignações da diáspora africana e portuguesa, que conhecem bem o que é a dor e a perda.

Aqui está um filme-intervenção póstumo ao personagem imaginário aqui chamado Pretugal (personificando o *Luís Giovani Rodrigues), dedicado ao povo português (aos tradicionalmente “nativos” e aos descendentes do continente africano que nasceram aqui). Esta criação segue o assunto principal retratado no filme-manifesto Eu Não Sou Pilatus (Seleção Oficial DocLisboa – Competição Internacional, 2019). Um curta-metragem de Welket Bungué, baseado em factos reais do caso de "Brutalidade policial contra Cláudia Simões" (Amadora, Portugal, 19 de janeiro de 2020). Com a participação de Isabél Zuaa e Cleo Tavares. Criação da KUSSA PRODUCTIONS, filmado em Cabo Verde, com imagem e som de vídeos virais online de vários autores.

* In memoriam Luís Giovani Rodrigues, o estudante caboverdiano que morreu em Dezembro de 2019, após ter sido agredido por pelo menos dez homens em Bragança (norte de Portugal).
__

We will try to understand what are the civil rights problems in our society. We still believe that our domination over four centuries in Africa, South America and everywhere else was an important mission that bridged the humanity, although we don't know why they still come to our country P*rtugal. 'Bustagate' is a hybrid movie, mixing textuality and three visual narratives to tell and asphyxiate the audience, pretending to put them in the same place as our deflated heroine (society). 'Bustagate' emerges one year after the incident in the neighborhood of Jamaica (south bank of Lisbon). Through the artist commentaries as a politician agent on behalf of the Portuguese public prosecutor, Welket reports a scandalous and misfit panorama of violence and social inequality in Portugal. Here is a posthumous interventional film for this imaginary character called Pretugal (as Luís Giovani Rodrigues), dedicated to the Portuguese people ("natives" and the descendants of the African continent who born here). This creation follows the main subject of the previous manifesto-film 'I Am Not Pilatus' (Official Selection DocLisboa - International Competition, 2019).

A short film by Welket Bungué, based on true facts from the case of "Police brutality against Cláudia Simões" (Amadora, Portugal 19th January 2020). Performed by Isabél Zuaa & Cleo Tavares. A KUSSA PRODUCTIONS' creation, filmed in Cape Verde, with image and sound from online viral videos by several authors. In Memoriam of Luís Giovani Rodrigues, the Cape Verdean student who died after been assaulted by at least ten men in Bragança (North of Portugal).

Kussa Productions © ALL (CIVIL) RIGHTS MUST BE (P)RESERVED, 2020